Lidar com pessoas exige diversas habilidades interpessoais, principalmente no ambiente de trabalho. Parte dos desafios de uma empresa está na gestão de pessoas, ou gestão de equipes. Seja ela de dez ou 1000 funcionários, o papel do gestor é fazer com que todos desempenhem bem o seu trabalho, desde a manutenção da produtividade, do alcance de resultados e também da manutenção de um ambiente de trabalho agradável.

Separamos alguns tópicos com dicas importantes que podem auxiliar você neste processo de gestão:

  1. Use a tecnologia ao seu favor.
    Seja qual for a realidade da sua empresa, um fator para gerenciá-la atualmente não pode ser deixado de lado: a tecnologia. Enquanto muitos acham que o processo de inovação tecnológica pode isolar as pessoas do ponto de vista social, pelo lado profissional, a tecnologia integra as equipes e une as tarefas de cada parte, tornando o fluxo de informações centralizado e ao alcance de todos.
    Atualmente no mercado existem vários tipos de softwares e plataformas que são usados para facilitar a troca de informações. Ter todo o processo digitalizado, torna sua empresa mais ágil, produtiva e com processos totalmente seguros.
  2. Atente-se para a pontualidade.
    Pontualidade é sempre um aspecto difícil de controlar quando falamos em gestão de equipes. Funcionários enfrentam diariamente fatores como trânsito, transporte público, engarrafamentos, etc. Por isso, ter uma política de treinamento que crie diretrizes para driblar esses aspectos do dia a dia é importante. Aliado a isso, a tecnologia que citamos no primeiro tópico ajuda a monitorar atrasos e o porquê deles terem acontecidos. Além disso, se a sua empresa utiliza um software, consegue monitorar quanto tempo os atendimentos levaram.
  3. Estabeleça uma liderança.
    Outro aspecto importante da gestão de equipes é ter uma pessoa na liderança desse núcleo na empresa. A tecnologia não faz o trabalho todo sozinho. É preciso um recurso humano para monitorar os funcionários e analisar os números dos relatórios vindos da plataforma utilizada. E não precisa necessariamente ser apenas uma pessoa a responsável por tudo.
  4. Invista no treinamento da equipe.
    O responsável pela gestão de equipes é uma peça chave nesse processo de identificar oportunidades de aprendizado para cada membro da equipe. Se você pode ajudar os membros a se tornarem melhores, você será um gerente para quem as pessoas desejam trabalhar e você também contribuirá para sua organização.

A forma mais eficaz de desenvolver o seu time é garantir que você envie comentários regulares aos membros da sua equipe. Muitos ficam nervosos de dar feedback, especialmente quando ele é negativo. No entanto, criar uma cultura de feedbacks nas empresas ajuda a melhorar o desempenho de todos.