Seja para arrumar o primeiro emprego após a faculdade ou até mesmo para mudar de empresa após alguns anos, a apresentação de um bom currículo é essencial para conseguir o que deseja. O currículo é, na maioria das vezes, o primeiro contato da empresa com o candidato e ele será a peça chave para a segunda fase, que é marcar uma entrevista presencial.

Para te ajudar, separamos algumas dicas que vão dar um destaque especial ao seu currículo!

  • dados pessoais: nome completo e dados de contato são os mais importantes. Números de documentos, endereço e foto só devem ser informados caso solicitado pela empresa.
  • fique atento ao Português: erros ortográficos e gramaticais demonstram não apenas desconhecimento da língua, mas também desleixo com a revisão. Se tiver dificuldades, peça ajuda para um amigo fazer a revisão.
  • não invente informações: muitas pessoas tentam “inflar” o currículo com cursos e experiências que não tiveram. Se um contratante resolver pedir mais informações a respeito e descobrir a mentira, você pode ficar com uma imagem bastante negativa no mercado, além, é claro, de perder a vaga.
  • objetivo: dependendo da empresa, pode ser exigido que você já coloque a vaga pretendida, ou pelo menos a área de atuação.
  • qualificações: você não precisa colocar todas as suas experiências de trabalho no currículo. Selecione apenas as mais recentes ou as que têm maior relação com a atual vaga pretendida.
  • seja sucinto: por mais que você seja uma pessoa experiente, destaque as informações mais importantes. Currículos longos costumam ser deixados de lado, dado o volume que o setor de RH costuma receber. Você pode deixar para falar mais de sua história no momento da entrevista.
  • menos é mais: apresente um documento em folha A4, em fontes clássicas como Arial ou Times New Roman. Evite usar recursos gráficos ou outros recursos fora do comum. Ao invés de impressionar, você pode espantar o selecionador.