Depois muito planejamento, seu evento foi finalmente realizado, e você já pode respirar aliviado. Espere um pouco! Assim como todas as outras ações de uma empresa, é necessário ainda trabalhar muito para medir os resultados e planejar o futuro. Mas como fazer isso?

Não importa se seu evento for grande, ou apenas uma reunião interna, ter informações relacionadas ao nível de satisfação dos envolvidos, números de participantes, retorno financeiro ou até mesmo em níveis de conhecimento, ajudará a planejar os próximos encontros, a partir de valiosos insights.

Antes de mais nada, é importante destacar que não basta apenas verificar os ganhos financeiros que um evento trouxe, mas também checar os resultados operacionais e níveis de engajamento. Como envolvem uma série de processos, experiências e interações, há uma gama de resultados e indicadores que devem ser analisados ao final de uma reunião corporativa, como por exemplo:

  • Número de participantes efetivos

Assim como em eventos sociais, alguns participantes, mesmo após se inscreverem ou confirmarem presença, não comparecem. Sendo assim, é necessário avaliar quantas pessoas de fato estiveram presentes no dia do evento, o que mostrará a variação entre o número de interessados e de participantes efetivos.

Após a análise, caso haja uma diferença considerável, há a possibilidade de executar uma reavaliação das estratégias usadas para divulgação do evento, o que pode envolver mudanças na linguagem utilizada, os canais escolhidos, verificar se o local era de fácil acesso (como tratamos em outro texto), se o horário era adequado, entre outros detalhes.

  • Retorno sobre o investimento (ROI)

Um dos KPIs (do inglês Key Performance Indicator – Indicador Chave de Performance) mais importantes em todas as ações de marketing é o ROI, que mede o retorno que se obteve com uma ação, evento, ou qualquer outro tipo de campanha, comparado com o quanto se investiu nela. Sabendo isso, é possível avaliar as escolhas que influenciam diretamente nos resultados de um evento, auxiliando no planejamento de novas metas, que sejam mais eficazes e alcançáveis.

Para calcular o ROI, basta usar a fórmula: ROI = (Receita – Custos)/Custo

  • Custo por participante (CPA)

No ambiente de marketing, a sigla CPA significa Custo por Ação, medindo o custo que cada compra, clique ou ação desejada teve sobre o resultado final. No caso dos eventos, é importante obter uma média de preço por participante, sendo que, quanto menor o valor correspondente a cada um dos presentes, mais bem-sucedido foi a ação.

Para calcular o CPA, basta dividir a quantia total gasta com as divulgações do evento pelo número de participantes: CPA = R$ Total/Nº participantes.

Outra métrica similar é o CAC (Custo de Aquisição de Clientes), cuja fórmula envolve os Custos de Marketing (divulgação), Custos de Vendas (salários, reembolsos, deslocamentos, comissões, hospedagens, etc.) e o total de novos clientes, dando uma visão mais abrangente.

Custo de marketing + Custo de vendas
———————————————–   = CAC
Total de novos clientes

 

  • Interações

Embora seja uma métrica não tão exata quanto as outras, usar as redes sociais, como Facebook, Instagram, Twitter, Pinterest e LinkedIn, pode ser uma boa tática para medir o nível de satisfação e engajamento dos usuários com seu evento. Para isso, não basta apenas monitorar o número de curtidas, sendo necessário também observar os compartilhamentos, comentários, hashtags e outras manifestações, que permitirão um entendimento maior acerca das opiniões sobre um evento, bem como a possibilidade de monitorar temas a serem explorados no futuro.